Hora H da Inovação: IHARA lança novo portfólio de soluções para o mercado de soja

08/10/2021
Cultura • Soja

O Departamento de Agricultura do Estados Unidos (USDA) estima que, entre 2029 e 2030, o Brasil será responsável por mais de 50% da soja negociada no mundo. De olho no futuro e antecipando-se às necessidades do campo, a IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento especializada em defensivos agrícolas, traz novas soluções que irão auxiliar o agricultor a manter esse patamar elevado de produtividade no campo por meio de um manejo mais eficiente e na hora certa contra as principais pragas e doenças. Trata-se do lançamento de um seleto grupo de tecnologias inovadoras para a cultura soja: Hayate, Romeo SC, Convence FS e Maxsan.

 

Para o manejo de lagartas de difícil controle no cultivo de soja, a empresa acaba de lançar o inseticida Hayate, um novo aliado do produtor rural no combate dessas pragas que causam grandes prejuízos de produtividade na lavoura. O Hayate conta com uma tecnologia exclusiva, que protege a lavoura por mais tempo e age na paralisação imediata da alimentação das lagartas. Com ação rápida, possui um período residual prolongado e protege a planta, sendo uma ferramenta adicional para o manejo de resistência. Hayate pode ser usado no estado vegetativo da soja, evitando o prejuízo, atuando no início das infestação.

 

 

Outra tecnologia que está recente no mercado é o Romeo SC, um fungicida biológico com uma molécula inédita no Brasil, que age de forma preventiva com modo de ação único definido pelo FRAC (Fungicides Resistance Action Committee) e, assim, maximizar a proteção da lavoura contra a ferrugem. Essa solução inovadora e tem alta compatibilidade para aplicação com outros produtos químicos ou biológicos do mercado. É recomendado que este produto seja aplicado sempre de forma preventiva e em parceria com outros fungicidas diretamente na folha da planta.

 

Para deixar o portfólio ainda mais robusto, o inseticida Maxsan agora possui efeito 4MAX, ou seja, único inseticida altamente sistêmico ideal no controle de todas as fases de desenvolvimento do percevejo e da mosca-branca na cultura da soja. Com maior efeito choque em insetos adultos, possui também efeito ovicida, resultando em menor percentual de ovos eclodidos, o Maxsan ainda influencia na reprodução dos insetos e reduzindo sua população e aumentando intervalo entre posturas.

 

 

Além do controle de pragas e doenças, o agricultor também não pode renunciar ao tratamento de sementes já que este é um procedimento altamente eficiente e de alto valor agregado quando comparado às perdas que a falta dele pode acarretar a lavoura. Por este motivo, a IHARA lançou o Convence FS, com uma formulação inovadora que potencializa a sinergia entre os ativos para obter um stand perfeito, além de apresentar modos de ação diferentes que deixam as plântulas mais protegidas e com menos pragas desde o início da plantação. Esta solução quando aplicada de forma adequada protege a semente desde o plantio até o estabelecimento da cultura, resultando em ganho de produtividade do cultivo e contribuindo com os negócios do agricultor. O Convence FS ainda oferece alta performance contra a Lagarta-Elasmo, praga frequente em todas as regiões do Brasil e que pode ser letal para a cultura da soja.

 

 

Nos últimos cinco anos a IHARA investiu mais de R$ 200 milhões em pesquisa e desenvolvimento, em estrutura e na ampliação da linha de tecnologias, com mais de 25 novas soluções inovadoras importantes para diversos cultivos, reforçando assim o seu portfólio com produtos nunca antes vistos no mercado agrícola. Anualmente, a empresa investe R$ 20 milhões em desenvolvimento de novos produtos. Isso demonstra o esforço da IHARA na busca por inovações que realmente façam a diferença para o agricultor, contribuindo com a competitividade da agricultura nacional.

 

“Temos uma presença muito forte no agronegócio brasileiro, sendo responsável pelo desenvolvimento de tecnologias únicas no mercado, com um rico portfólio com mais de 60 produtos que atende mais de 100 culturas no país. A soja é estratégica para a agricultura nacional, assim como é para nós, e por isso seguimos investindo em novas tecnologias para o manejo eficaz das pragas e doenças que trazem prejuízos nesse cultivo”, ressalta Marcos Gaio, Diretor de Operações de Negócios da empresa.

 

 

O mercado da soja continua em plena expansão no Brasil, com as safras batendo novos recordes a cada ano. Segundo a consultoria Safras & Mercados, a expectativa para a safra 21/22 é de 142,24 milhões de toneladas, 3,7% maior que o período anterior, mesmo com somente 2,3% hectares a mais. Já para 2022 estão sendo semeados 39,82 milhões de hectares, representando um aumento de 2,3% em relação à safra anterior e se tornando a maior área da história a produzir soja.

 

“Os resultados da soja a cada ano nos mostram que a estratégia de manejo é capaz de alavancar uma cultura, mesmo que a área não cresça tanto. E a IHARA contribui para o progresso da agricultura, sendo a ponte entre as tecnologias inovadoras japonesa e o agricultor brasileiro, adaptando essas inovações às condições locais e garantindo assim uma maior produtividade e rentabilidade da lavoura. E sem dúvida alguma, os novos lançamentos surgem da necessidade do agricultor em buscar novas tecnologias e soluções para um manejo das pragas e doenças ainda mais eficiente. Isso potencializa a safra e ajuda o Brasil a se manter como potência no mercado da soja,” afirma André Nannetti, Diretor de Portfólio  e Planejamento de Marketing da IHARA.

Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do agronegócio