Vantagens da dessecação pré-plantio da soja que asseguram maior produtividade

14/10/2021
Cultura • SojaSoja – Grãos ArmazenadosSoja OGM

As perdas de produção de soja em razão da concorrência com as plantas daninhas costumam ser variáveis, principalmente em razão da incidência e época de controle que precisa estar alinhada ao estágio da cultura.

 

Para evitar esse tipo de problema, é indispensável que o agricultor adote diferentes práticas de manejo para a supressão das daninhas, como a preservação da palhada e a implantação da lavoura em local livre de plantas invasoras.

 

Além disso, a dessecação pré-plantio no momento correto é outra estratégia de manejo que permite controlar as plantas remanescentes da safra anterior na área, proporcionando maior uniformidade da cobertura morta e assegurando o melhor plantio.

 

Por essa razão, é importante que o agricultor entenda as principais vantagens da dessecação pré-plantio da soja, assim como as características do melhor dessecante do mercado com o propósito de evitar o surgimento de daninhas resistentes.

 

Dessecação pré-plantio: Objetivos claros quando bem realizada

No planejamento da safra de soja a fase de pré-plantio é uma das mais importantes. É neste momento que o agricultor deve pensar nas medidas que poderão impactar no melhor desenvolvimento do híbrido, assim como na definição da sua produtividade.

 

Neste contexto, a busca por maior qualidade e eficiência no plantio depende de uma dessecação pré-plantio bem realizada, também citada como dessecação antecipada.

 

O objetivo principal desse manejo é eliminar as plantas daninhas e voluntárias que estão no solo, fato  que permite  realizar o plantio no limpo, além de evitar a matocompetição, principalmente com a buva e o capim-amargoso. Essas plantas indesejáveis, quando não manejadas, podem limitar a produtividade e favorecer a infestação de insetos-pragas e doenças para a lavoura.

 

A dessecação pré-plantio deve ser realizada aproximadamente de 15 a 20 dias antes da semeadura através do uso de um ou mais herbicidas destinados à secagem de plantas daninhas e restos da cultura antecessora. Este período é ideal para evitar a existência de massa verde no momento do plantio das sementes de soja.

 

Em algumas ocasiões haverá a necessidade de uma segunda dessecação dias antes do plantio, por causa da emergência de plantas daninhas que não foram suprimidas pela primeira aplicação.

 

Principais vantagens da dessecação pré-plantio

Na agricultura, a dessecação é uma estratégia bastante importante para permitir um plantio de qualidade superior. Dentre as muitas possibilidades, esse manejo, quando realizado no pré-plantio, facilita a semeadura e:

 

  • Colabora para a disponibilização dos nutrientes e da água para a planta cultivada:
  • Fornece palhada ao plantio, protegendo e favorecendo a umidade do solo. Fatos que conferem condições ideais para a germinação da semente e estabelecimento da cultura.

 

Além desses benefícios, a dessecação também permite aumentar a eficiência no manejo de insetos, já que a prática provoca um período de escassez de alimento, impactando na população e no ciclo dessas pragas. Além disso, a eficácia na aplicação de inseticidas será melhorada, permitindo maior controle das pragas iniciais, principalmente dos percevejos.

 

Diante de todas essas vantagens, a dessecação pré-plantio permite melhor desenvolvimento inicial da cultura da soja, com benefícios que resultarão em uma colheita muito mais produtiva.

 

Flumyzin 500 SC – O herbicida da IHARA ideal para a dessecação pré-plantio da soja

Como vimos até aqui, a dessecação pré-plantio apresenta grande importância devido aos seus benefícios que resultam na conquista de maior produtividade. Porém, essa prática torna-se também essencial para o controle de plantas resistentes.

 

Vale lembrar que um dos fatores que mais preocupam no manejo de plantas daninhas é o fator da resistência. A constante utilização de herbicidas de mesmo mecanismo de ação começa a aumentar a pressão de seleção de algumas plantas daninhas específicas (como a buva), selecionando genótipos resistentes.

 

Para resolver este problema, o uso de ferramentas de alta performance para controle de daninhas é altamente necessário. Neste sentido, a IHARA apresenta ao mercado uma excelente solução Flumyzin 500 SC, que é um herbicida altamente seletivo, não sistêmico e com longo residual.

 

Flumyzin 500 SC  é recomendado para aplicação na dessecação, eliminando as plantas daninhas e voluntárias que estão no solo, fato  que somado ao uso de herbicidas pré- emergentes como Kyojin, permite realizar o plantio no limpo, além de evitar a matocompetição, principalmente com a buva e o capim-amargoso.

Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do agronegócio