Teste

Como proteger seu canavial dos nematoides?

03/03/2022
Cultura • Cana-de-Açúcar
Como proteger seu canavial dos nematoides?

O uso de nematicidas químicos é considerado a forma mais eficiente de combater esses parasitas

 

 

O Brasil é o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo e para manter esse alto índice de produtividade, é necessário fazer o controle de algumas pragas e doenças que podem castigar os canaviais. Os nematoides estão entre os principais inimigos da cultura.

 

 

Essa praga microscópica pode comprometer até 50% da produção de todo o canavial. O uso de nematicidas químicos é considerado a forma mais eficiente de combater esses parasitas.

 

Os nematoides são vermes capazes de viver em qualquer ambiente que tenha disponibilidade de água. Eles estão presentes no solo e atuam nas raízes das plantas, que passam a ter dificuldade para retirar água e nutrientes do solo.

 

O parasita pode utilizar os seguintes meios para chegar às áreas de cultivo: água de irrigação; ventos fortes; mudas produzidas em substratos ou solos infectados; máquinas e implementos agrícolas; e movimentos de animais e pessoas na área.

 

Segundo a Embrapa, as espécies de nematoides mais comuns nos canaviais brasileiros são: Pratylenchus zeae, Pratylenchus brachyurus, Meloidogyne javanica e Meloidogyne incognita. Elas apresentam diferentes graus de infestação e severidade de danos à cana-de-açúcar, sendo o P. zeae o mais comum nas lavouras do país.

 

Em algumas variedades de cana, o M. javanica chega a reduzir a produtividade em 30% no primeiro corte. Já o M. incognita causa danos mais severos às plantações. A redução da produtividade chega a atingir 50% no primeiro corte e 10% nas soqueiras seguintes. Em cada soqueira, ele provoca perdas que variam de 10 a 20 toneladas por hectare.

 

 

Sintomas

 

 

Ainda de acordo com a Embrapa, as plantas atacadas ficam com porte menor, murchas e cloróticas. Elas são cercadas por plantas aparentemente sadias e formam reboleiras no canavial. Os sintomas da parte aérea são provocados pela menor capacidade de absorção dos nutrientes pelas raízes da cana.

A planta passa a apresentar galhas – deformação originada pelas toxinas do verme, pela menor quantidade de radicelas e pelo escurecimento do tecido morto.

Controle

 

 

O uso de nematicidas químicos é o método mais utilizado, recomendado por especialistas e considerado o mais eficiente no controle dos nematoides. Eles podem ser aplicados no plantio e na soqueira.

IHARA, empresa especializada em tecnologia para proteção de cultivos, conta com soluções inovadoras para cada condição climática, que fazem o controle preventivo desta praga.

Pottente Max é o nematicida da IHARA indicado para combater os nematoides nos canaviais. Ele oferece proteção mais rápida às raízes, devido ao forte poder de penetração e espalhamento no solo.

O produto também é reconhecido pela sua força residual, proporcionando mais tempo de proteção. O Pottente Max ainda conta com flexibilidade de uso, podendo ser aplicado em época seca e úmida,
no plantio e na soqueira, apresentando máxima eficácia no controle de Meloidogyne e Pratylenchus.

Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do agronegócio