Teste

Eventos gratuitos acontecem em Rio Verde (GO) e em Primavera do Leste (MT), nos dias 11 e 25 de novembro, respectivamente

Apoiar a arte em suas mais variadas formas e ressaltar a cultura brasileira são premissas essenciais para a IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de defensivos agrícolas. Depois de rodar o País com o Musical Brasil Raiz no primeiro semestre e eventos da cultura japonesa, a empresa está envolvida em mais uma iniciativa, buscando valorizar e fomentar as raízes gaúcha com o projeto FESTIVAL IHARA DE CULTURA REGIONAL – TRADIÇÕES GAÚCHAS. Os eventos acontecerão em Rio Verde (GO) e em Primavera do Leste (MT), nos dias 11 e 25 de novembro, respectivamente.

Serão dois eventos, gratuitos, abertos à toda a população e trazem como atração principal um dos maiores ícones da música tradicionalista gaúcha, Renato Borghetti. Os eventos contam ainda com apresentações das Invernadas – danças tradicionais da cultura gaúcha – e encerramento com show baile tradicional gaúcho com bandas locais.

“Acreditamos que um País só consegue crescer verdadeiramente quando valoriza sua cultura e o Brasil é riquíssimo nesse sentido. Como a IHARA tem uma ligação muito forte com as comunidades gaúchas, pois ambas vivem da agricultura, não poderíamos deixar de contribuir com essa tradição, principalmente em regiões que são consideradas grandes produtoras agrícolas”, comenta Gabriel Saul, Gerente de Comunicação da IHARA.

O projeto FESTIVAL IHARA DE CULTURA REGIONAL – TRADIÇÕES GAÚCHAS é realizado via Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da IHARA, realização da Marolo Produções, do Ministério da Cultura e Governo Federal/União e Reconstrução.

Serviço:

Rio Verde (GO)

11 de novembro de 2023, às 20h

CTG Querência de Rio Verde

Rua: Rio Grande do Sul, s/n – Q B5 – Lote 1 – Parque dos Buritis

Primavera do Leste (MT)

25 de novembro de 2023, às 19h

CTG Querência Distante

Rua: Castro Alves, 881 – Parque Castelândia

Sobre a IHARA

A IHARA é uma empresa de pesquisa e desenvolvimento que há 59 anos leva soluções para a agricultura brasileira, setor no qual é reconhecida como fonte de inovação e tecnologia japonesa como uma marca que tem a credibilidade e a confiança dos seus clientes. A empresa conta com um portfólio completo de fungicidas, herbicidas, inseticidas, biológicos, acaricidas e produtos especiais somando mais de 80 soluções que contribuem para a proteção de mais de 100 diferentes tipos de cultivos, colaborando para que os agricultores possam produzir cada vez mais alimentos, com mais qualidade e de forma sustentável. Em 2022, a IHARA ingressou no segmento de pastagem, oferecendo soluções inovadoras para o pecuarista brasileiro. Para mais informações, acesse o site da IHARA. 

A cadeia produtiva da carne bovina se reuniu nesta quinta (10/8), em São Paulo, para discutir cenário, tendências, desafios e novas oportunidades. O Fórum Pecuária Brasil 2023 contou com pecuaristas, especialistas, representantes do mercado financeiro, do setor público e da indústria ligados ao setor.

 

A programação contou com diversos painéis técnicos, com temas como mercado, tecnologia e gestão da atividade. A sustentabilidade permeou praticamente todas as apresentações, e foi foco central do painel “Rotas de Sustentabilidade da Pecuária Brasileira”. O bloco contou com a participação do presidente do IMAC (Instituto Mato-Grossense da Carne), Caio Penido, do diretor de Sustentabilidade da Abiec, Fernando Sampaio, e do gerente de Marketing Nacional de Pastagens da IHARA, Guilherme Moraes. Moderador do painel, Moraes destacou que a inovação tem revolucionado as tecnologias de manejo das pastagens, proporcionando sustentabilidade não apenas do ponto de vista ambiental, mas também no avanço em rentabilidade da cadeia produtiva.

 

Ele lembra que um estudo recente realizado pela Embrapa constatou que 95% da carne bovina no Brasil é produzida em regime de pastagens, representando vantagem competitiva em custos operacionais e também na qualidade da proteína. “Ter disponibilidade de pasto, com abundância e qualidade, faz com que, no final do dia, o pecuarista brasileiro precise ser também um bom agricultor”, afirma o especialista em pastagem da IHARA. “Portanto, seu sucesso passará pela compreensão de que o investimento em tecnologias que elevem a fertilidade do solo e a sanidade da pastagem é um pilar que fará toda a diferença.”

 

Tecnologia, produtividade e sustentabilidade

 

Com mais de cinco décadas de tradição na agricultura, a IHARA ingressou em 2022 no segmento de pastagem, passando a oferecer uma linha completa de soluções inovadoras – concebidas a partir da tecnologia japonesa, mas adaptadas para atender as demandas e necessidades dos pecuaristas brasileiros. “São produtos de alta tecnologia, voltados ao controle das principais ameaças à longevidade das pastagens, como plantas daninhas e o ataque de pragas e doenças”, aponta Moraes.

 

O novo portfólio da IHARA foi lançado após 4 anos de pesquisas, o que reforça o compromisso da companhia em trazer para o mercado brasileiro produtos de eficácia comprovada. Ressalte-se que, todos os anos, a empresa investe mais de R 25 milhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos para todos os tipos de cultivos. “Agora, oferecemos tecnologias que, de fato, asseguram também a qualidade da pastagem e contribuem para otimizar os resultados dos pecuaristas na engorda a pasto”, diz o executivo.

 

A nova linha para pastagem inclui uma série de produtos. Entre eles, está o inseticida “Estrela”, indicado para o controle da cigarrinha na pastagem, principalmente a espécie Mahanarva. Outro destaque é o “Possante”, inseticida com molécula japonesa que bloqueia todo o ciclo da cigarrinha, impedindo a sua infestação ou reinfestação. Entre os fungicidas, destaca-se o “Pureza N”, voltado para o tratamento de sementes de forrageira – ele controla os principais patógenos da pastagem, da fase inicial ao pós-semeadura.

 

A empresa também inovou no ramo de herbicidas. É o caso do “Invernada”, voltado para o controle de plantas daninhas de folhas largas anuais, herbáceas e herbáceas semi-arbustivas. Por sua vez, o herbicida “Palanque” é usado como complemento ao “Invernada”, sendo indicado para plantas daninhas de difícil controle. Outro destaque é o “Pastoil”, óleo mineral que otimiza a penetração dos herbicidas nas folhas.

 

Como empresa inquieta, a IHARA já planeja o lançamento de novos produtos. Ainda em 2023, seu objetivo é colocar no mercado mais um inseticida foliar e dois herbicidas. Também estão previstas inovações para os próximos anos. A partir de 2027, a empresa pretende trabalhar com biológicos para pastagens, acelerando ainda mais as inovações no campo.

Com o propósito de estar sempre ao lado do agricultor no combate às pragas, doenças, plantas daninhas e para garantir a produtividade dos cultivos, a IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de soluções agrícolas, marcará presença na edição 2023 da Coopercitrus Expo. Para o evento, que acontece entre os dias 24 e 28 de julho, em Bebedouro/SP, a empresa está preparando um estande especial que contará com uma estação de soluções IHARA mostrando os resultados e portfólio para as culturas da Cana, Soja, Café e Citros. Além disso, os produtores rurais também poderão percorrer pelo circuito interativo para entender sobre os benefícios dos produtos Yamato e Zeus voltados para a cana-de-açúcar e as tecnologias Terminus e Fusão EC para a cultura da soja.

 

Além desses destaques, a IHARA levará outras tecnologias inovadoras para a cultura da cana-de-açúcar: Maxsan e Riper. O RIPER é conhecido por ser o maior aliado dos produtores. Devido a inovação trazida pela empresa na sua concepção, ele pode ser usado em qualquer momento da safra. Possui tecnologia exclusiva para transformar a energia de crescimento da cana em açúcar, atuando como maturador. Entre os diferenciais do Riper estão: flexibilidade de uso e ação rápida, o que auxilia o acompanhamento do manejo, e carência de apenas 14 dias e cana com mais tonelada de açúcar por hectare (TAH).

 

Já o ZEUS é conhecido pela ação inseticida, sobretudo na proteção das lavouras de cana (mas, também pode ser usada nas lavouras de soja e milho). O produto é uma solução inédita no Brasil e que se destaca no controle do bicudo (Sphenophorus levis) nos canaviais. Trata-se de um produto com ação translaminar e sistêmica, que proporciona uma proteção completa às plantas, além de ter um efeito de choque e residual únicos. O Zeus age por contato e ingestão, eliminando as pragas de maneira rápida.

 

Com o MAXSAN , que também integra o portfólio na Coopercitrus, a ação inseticida ajuda na proteção dos canaviais, atuando no combate, com altíssima eficiência, de agentes nocivos como a cigarrinha da cana. É uma solução de rápida absorção e que possui ação translaminar, protegendo as plantas por dentro e por fora. Sua forma de atuação contra as pragas desenvolve-se através da ingestão e por contato com as folhas. Maxsan é o único produto do mercado que controla todas as fases das pragas com efeito de choque e residual.

 

Para fechar o portfólio de cana-de-açúcar, o YAMATO é um herbicida pré-emergente que revolucionou o mercado pela possibilidade de ser usado antes mesmo das plantas daninhas se espalharem pelas plantações. O produto é capaz de controlar as daninhas mais resistentes sem prejudicar o cultivo, incluindo uma proteção longa. Isso significa uma lavoura no limpo por mais tempo e, consequentemente, com maior produtividade. O Yamato tem melhor controle contra azevém, capim-colonião, capim-braquiária, capim-colchão e capim-amargoso.

 

Já para a cultura da soja, a IHARA apresentará o FUSÃO EC que tem performance superior devido à sua formulação inovadora, destacando-se também pela sua facilidade de aplicação e sistematicidade. O produto traz uma combinação inédita e perfeitamente sinérgica entre dois ativos centrais, o que potencializa sua atuação e, ao mesmo tempo, se traduz em uma tecnologia totalmente nova e exclusiva da IHARA. Outro grande diferencial é a alta velocidade de absorção e de translocação pelas plantas, garantindo ação sistêmica mais rápida e por completo, em toda a planta.

 

Outra novidade para os sojicultores é o lançamento recente do TERMINUS, que contém uma exclusiva tecnologia japonesa e fabricação nacional sendo a melhor e mais potente arma do agricultor disponível no mercado, para o controle de percevejos (Marrom e Barriga-Verde), grandes destruidores de produtividade nos cultivos da soja e milho. Sua performance é potencializada por sua inovadora formulação, resultando em maior aderência nas folhas, proporcionando sinergia das moléculas e consequente maior poder de choque (controle mais rápido) e maior período de controle (longo residual). Por fim, o agricultor consegue obter o que tanto espera de um produto para este fim, melhor qualidade dos grãos e maior produtividade.

 

De acordo com Thiago Duarte, gerente de Marketing Regional da IHARA, a Coorpercitrus é uma oportunidade que o público tem de conhecer um pouco mais sobre as tecnologias que a IHARA oferece. “A IHARA é uma empresa que possui origem japonesa e isso norteia não somente nossos princípios e valores, como também nos torna a principal ponte entre as tecnologias desenvolvidas pelos nossos acionistas japoneses, que são os maiores desenvolvedores de moléculas no mundo, e o agricultor brasileiro. Presente no mercado brasileiro há 59 anos, investimos fortemente em pesquisa e desenvolvimento, o que possibilita a empresa ter a detenção de um portfólio de grande relevância, como nunca visto antes, para o controle dos principais detratores de produtividade. Eventos como a Coopercitrus fazem com que a IHARA reforce o contato com os agricultores, mostrando o seu comprometimento em oferecer tecnologias cada vez mais eficientes, sustentáveis e alinhadas às demandas do mercado”, pontua.

 

SERVIÇO

A Coopercitrus acontece entre os dias 24 e 28 de julho, na Rodovia Brigadeiro Faria Lima, Km 384 Sul – Lote A – Bebedouro-SP.

O estande da IHARA está localizado no pavilhão de Insumos.

Setor marcado por intensa transformação nas últimas décadas, a pecuária brasileira avançou embalada por um robusto investimento nacional em pesquisa e tecnologia, e pelo esforço dos produtores em garantir genética, nutrição e manejo das pastagens. Em um mercado de margens cada vez mais enxutas, um dos questionamentos feitos pelos pecuaristas é: Como produzir mais, com menos?

 

Para o engenheiro agrônomo e Gerente de Marketing Regional do segmento de Pastagem da IHARA, Guilherme Moraes, o caminho pode estar em lacunas a serem preenchidas pela integração lavoura e pecuária. “Sabemos que cerca de 93% de toda a carne produzida no nosso país é à pasto – e que é exatamente este nosso grande diferencial competitivo frente a grande parte dos outros países, tanto em rentabilidade da atividade quanto em qualidade da carne produzida. Ter disponibilidade de pasto, com abundância e qualidade fazem com que, no final do dia, o pecuarista brasileiro precise ser também um bom agricultor”, destacou durante coletiva de imprensa realizada na sede da FIESP nesta terça (11/7). No evento, organizado pela Athenagro e Agroconsult, com patrocínio da IHARA, foram apresentados os resultados do Rally da Pecuária 2022/23, uma expedição técnica que percorreu 10 estados em nove meses, para produzir um grande diagnóstico atualizado da bovinocultura brasileira. (Saiba mais aqui)

 

A degradação das pastagens e o manejo inadequado ainda estão entre os principais problemas da produção de carne à pasto. Segundo Moraes, a equipe do Rally constatou, a campo, o impacto das plantas daninhas na vida útil da pastagem, assim como a evolução de perdas com ataques de insetos, destacando as cigarrinhas da pastagem; que podem acarretar danos entre 50% e 100% da pastagem. “Dois problemas presentes na grande maioria das propriedades brasileiras, que representam uma grande dor para os pecuaristas e que podem ser solucionados facilmente com a adoção de defensivos agrícolas eficientes, sustentáveis e que não prejudicam o rebanho”, conta o gerente. Segundo ele, a falta do manejo adequado se reflete em perda de produção de forragem, diminuição da taxa de lotação e da engorda com qualidade. 

 

Temos já no mercado hoje boas soluções de controle, de alta eficiência e bom retorno de investimento, mas infelizmente ainda é um manejo pouco utilizado no Brasil. O sucesso do pecuarista passará pela compreensão de que o investimento em tecnologias que elevem a fertilidade do solo e a sanidade da pastagem são pilares que farão toda a diferença na sua gestão dos custos, na qualidade do seu produto e, por fim, na rentabilidade do seu negócio”, lembra o executivo da IHARA. 

 

Tecnologias agrícolas para a pecuária

 

Empresa de pesquisa e desenvolvimento que há 59 anos leva soluções para a agricultura brasileira, a IHARA é conta com um portfólio completo de fungicidas, herbicidas, inseticidas, biológicos, acaricidas e produtos especiais somando mais de 80 produtos que contribuem para a proteção de mais de 100 diferentes tipos de cultivos. Em 2022, a IHARA ingressou no segmento de pastagem, oferecendo um portfólio completo de soluções inovadoras para o pecuarista brasileiro. 

 

“São produtos de alta tecnologia, voltados ao controle das principais ameaças à longevidade das pastagens, como o ataque de pragas, doenças e a mato-competição”, diz Moraes. Neste grande pacote tecnológico, a empresa tem desde soluções para o tratamento de sementes e reforma das pastagens, como o PUREZA N, até potentes herbicidas de alta seletividade, como o INVERNADA, BAIHTA e PALANQUE, e inseticidas implacáveis no combate à cigarrinha, como o ESTRELA e o POSSANTE.

 

Nosso objetivo é contribuir exatamente com a oferta de soluções altamente tecnológicas, de fato alavanquem a qualidade da pastagem, contribuindo para reduzir as perdas e otimizando os resultados dos pecuaristas na engorda à pasto”, conclui.

A IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias agrícolas, garante surpreender os visitantes da Hortitec 2023 com diversas novidades e soluções de alta performance para os cultivos de HF. Um dos destaques preparados pela empresa para a sua participação será o lançamento, em primeira mão, de uma tecnologia inédita no Brasil para a cultura do tomate: o CHASER EW.

 

É um inseticida poderoso que controla todas as fases da traça do tomateiro (Tuta Absoluta), eliminando essa praga por contato e por ingestão, com rápida paralisação da alimentação e eliminação dos alvos em, no máximo, 72 horas. Tem ainda ação repelente, impedindo que as pragas voltem a se aproximar da planta.

 

Outro grande diferencial do lançamento é combinar ação lagarticida e ovicida, impedindo o desenvolvimento do embrião ainda dentro do ovo; um controle precoce que favorece a eficiência do manejo resistência e o investimento do agricultor. A formulação inovadora de CHASER EW favorece a retenção e permanência do ativo na planta por mais tempo, mesmo com chuva, alcançando longo espectro de ação e redução do número de aplicações necessárias.

 

Sua tecnologia inédita, controla todas as fases da pragam além de ser uma ótima ferramenta para o manejo de resistência, altamente eficaz, com  longo período de controle, proporcionando máxima proteção da lavoura, maior produtividade e qualidade dos frutos.

 

Portfólio IHARA HF

 

Além do lançamento CHASER EW, os visitantes da 28ª Hortitec também conhecerão mais sobre outros destaques do portfólio da empresa; um dos mais completos e inovadores do mercado para a proteção dos cultivos em Hortifrúti. Nele estão outras novidades, como o fungicida TOTALIT, que possui dois modos de ação: sistêmico, sendo rapidamente absorvido e translocado pelas plantas, e por contato, permanecendo também na superfície das folhas, o que garante alta performance e evita o aparecimento de doenças mesmo em condições climáticas favoráveis. O produto é recomendado para pulverizações preventivas, a fim de controlar as principais doenças nas lavouras: míldio, requeima e mancha-de-alternaria. Outra poderosa solução é o inseticida ELEITTO, que se destaca com extensa lista de alvos registrados, em mais de 30 culturas. Possui amplo espectro, controlando pragas que ameaçam a produtividade e qualidade das frutas e hortaliças, entre elas: a mosca-das-frutas, a mosca-branca, o pulgão, a mosca-minadora e outras pragas. Além disso, Eleitto pode ser aplicado em qualquer fase da cultura, até mesmo próximo da colheita devido à sua ação de choque, que elimina o inseto rapidamente, e longo residual, mantendo sua proteção por mais tempo, com vigor e qualidade.

 

“HF tem sido um segmento muito importante para a IHARA ao longo de toda sua trajetória”, conta o gerente de Marketing Regional da IHARA, Marcos Vilhena. Ele explica que a empresa investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias inovadoras e de alta performance, que sustentam o pioneirismo e a força da marca neste mercado. “Nosso foco é, sobretudo, trazer sempre soluções eficientes, para que o agricultor possa ter tranquilidade em seu cultivo, com segurança, produtividade e rentabilidade. Temos orgulho por entender que todos estes valores estão contemplados com excelência pelas tecnologias em nosso portfólio”, conclui Vilhena.

A IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de defensivos agrícolas, participa da 48ª edição da Expocitros, que acontece de 30 de maio a 02 de junho, em Cordeirópolis-SP. O evento comemora também a 44ª Semana da Citricultura. Durante os quatro dias de evento, os especialistas da empresa apresentarão as principais tecnologias da IHARA para o produtor poder se programar para a próxima safra. 

 

FALCON é uma inovação para o controle e manejo de resistência das plantas daninhas, tanto as de folhas largas como também as de folhas estreitas. Trata-se de um herbicida com ação pré-emergente, que se destaca pelo longo residual, alta seletividade e segurança para o seu manejo. 

 

Os agricultores terão ainda a oportunidade de conhecer a linha de soluções eficazes no combate dos principais detratores desse cultivo, como os acaricidas SANMITE EW, com alto efeito de choque, amplo espectro de ação e é eficaz no controle dos principais ácaros Ácaro-da-leprose e Ácaro-vermelho que acometem a cultura do citros, sendo que o produto ainda é seletivo aos inimigos naturais e possui excelência no controle de ovos; e o OKAY, um acaricida de altíssima velocidade, com ação de choque, que elimina rapidamente o ácaro-da-leprose. Graças ao seu efeito residual prolongado, Okay mantém sua lavoura saudável, com baixa população de ácaros.

 

Além dessas soluções, a empresa também apresentará o MIMIC, inseticida regulador de crescimento com rápida ação sobre bicho furão e lagartas. 

 

“Quem visitar o stand da IHARA irá conferir tecnologias e soluções para o controle de ácaros, plantas daninhas, lagartas e bicho furão, estes que são detratores da cultura de citros. O nosso time técnico está preparado para orientar o produtor a colocar em prática as melhores técnicas de manejo, para assim, obter índices de produtividade mais competitivos”, afirma Marcos Vilhena, gerente de Marketing Regional da IHARA.

Tecnologia, inovação e tradição. A IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de defensivos agrícolas, promete participação de destaque na Showtec 2023 – que acontece de 23 a 25 de maio, em Maracaju (MS).

 

Dois grandes lançamentos para os cultivos de soja e de milho estarão entre as atrações preparadas pela empresa para os visitantes em seu estande. As tecnologias disruptivas de TERMINUS e SUGOY chegam para revolucionar o manejo e solucionar alguns dos principais problemas dos agricultores.

 

Tecnologia inédita no Brasil, o TERMINUS é um inseticida de altíssima performance e poder supremo contra percevejos Marrom e Barriga-Verde nas culturas da soja e milho. O produto traz uma formulação inovadora no mercado brasileiro, que potencializa o controle dos percevejos, resultando em uma maior qualidade de grãos devido ao controle imediato, longo residual e flexibilidade de uso. Outro ponto forte deste lançamento é que ele pode ser utilizado em qualquer momento do ciclo da cultura, eliminando os percevejos logo nas primeiras colonizações e conseguindo, assim, manter a incidência em níveis muito baixos ou mesmo em zero.

 

Outro lançamento de destaque que os visitantes da Showtec vão conhecer no estande IHARA é o  SUGOY é um fungicida premium que promete revolucionar o manejo das principais doenças foliares na cultura da soja. Em um único produto, poder sistêmico e de contato avassalador contra ferrugem, mancha-alvo, antracnose e oídio. Além do controle amplo e eficaz, essa solução única traz uma série de outros avanços em praticidade na aplicação, redução de erros no preparo de calda, dentre tantas outras vantagens que resultarão diretamente na produtividade e rentabilidade do cultivo”, destaca o gerente de Marketing Regional da IHARA, João Paulo Tomás.

 

Ele destaca ainda que SUGOY é a solução tecnológica com mais amplo espectro de alvos registrados para a soja no mercado nacional. “Outro fator muito importante é que ele traz também o protetor em sua formulação, algo que o mercado nunca viu e que contribui ainda mais para o manejo de resistência”, completa.

 

Além dos lançamentos, os visitantes da Showtec poderão conhecer mais sobre diversas outras soluções do portfólio IHARA para proteção dos cultivos. “A IHARA se mantém em contato direto com os produtores. Busca sempre compreender as suas necessidades e estar comprometida com a pesquisa e o desenvolvimento de ferramentas cada vez mais eficientes, sustentáveis e alinhadas às demandas do mercado. Nas feiras e eventos agrícolas, como a Showtec, temos a valiosa oportunidade de apresentar toda a tecnologia que disponibilizamos como resposta a esses desafios do campo”, completa Tomás.

Referenciada no mercado pelo robusto e completo portfólio de soluções para a agricultura, a IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento de soluções agrícolas, participa do Rondônia Rural Show Internacional, que acontece entre os dias 22 e 27 de maio, no Parque Vaneci Rack, BR 364, em Ji-Paraná-RO. Para a ocasião, a IHARA traz seus mais recentes lançamentos para as culturas da soja e milho: TERMINUS e SUGOY, e um portfólio de tecnologias inovadoras para pastagens.   

 

O TERMINUS é um inseticida de altíssima performance e poder supremo, que potencializa o controle dos percevejos Marrom e Barriga-Verde, tanto na cultura da soja quanto do milho, resultando em uma maior qualidade de grãos devido ao controle imediato, longo residual e flexibilidade de uso. Outro ponto forte deste lançamento é que ele pode ser utilizado em qualquer momento do ciclo da cultura, eliminando os percevejos logo nas primeiras colonizações e conseguindo, assim, manter a incidência em níveis muito baixos ou mesmo em zero.  Já SUGOY é outra aposta da IHARA para livrar as lavouras de soja de importantes doenças. O fungicida apresenta tripla ação inédita no Brasil. Em um único produto, poder sistêmico e de contato avassalador contra ferrugem, mancha-alvo, antracnose e oídio. Sua formulação de alta tecnologia tem protetor agregado e dispensa a necessidade de misturar com outros produtos. Essa ferramenta é efetiva no manejo de resistência.

 

De acordo com o gerente de Marketing Regional da IHARA, Roberto Rodrigues, ambos os produtos trazem formulações inéditas e de alta performance, permitindo ao produtor a proteção completa das lavouras. “Tanto o TERMINUS quanto o SUGOY são soluções inovadoras no mercado brasileiro, o que garante maior eficiência no controle das pragas e doenças que afetam as lavouras de soja e milho. São tecnologias exclusivas, resultado de forte investimento da IHARA em pesquisa e desenvolvimento, e na importação e adequação da tecnologia japonesa à agricultura tropical brasileira. Isso tudo é parte do DNA IHARA”.

 

Manejo de pastagens

 

Completando o leque de soluções que a IHARA levará para o Rondônia Rural Show Internacional, aparecem as tecnologias voltadas para a Pastagem. Um dos destaques é o inseticida ESTRELA, molécula inédita no mercado e que oferece proteção inigualável no combate às cigarrinhas das pastagens, sobretudo as da espécie Mahanarva. 

 

Trata-se de um produto diferenciado no mercado que combate esse tipo específico de praga que acomete os pastos. “As cigarrinhas entram nas pastagens e sugam a seiva das plantas, podendo causar degradação total. A falta de um controle adequado vai interferir diretamente na produtividade e, futuramente, em lotação de animal por hectare”, explica o Gerente de Marketing Regional no segmento de Pastagem da IHARA, Guilherme Moraes.

 

O portfólio IHARA para o segmento de pastagens conta ainda com o inseticida POSSANTE, que controla todos os estágios da cigarrinha e de seus ovos, com os herbicidas INVERNADA e PALANQUE e BAIHTA, com o adjuvante PASTOIL e com o fungicida PUREZA N para o tratamento de sementes de forrageira.

 

 

ESTRUTURA – ESPAÇO IHARA

A IHARA preparou uma estrutura especial para receber o público do Rondônia Rural Show. Lá o visitante encontrará um campo demonstrativo com a aplicação dos produtos para que tenha a oportunidade de imergir nas novidades da IHARA e obter mais informações sobre o manejo adequado para todo o ciclo da cultura, principais alvos e os benefícios do portfólio de soluções inovadoras da IHARA. 

 

SERVIÇO:

IHARA no Rondônia Rural Show Internacional

Data: 22 a 27 de Maio

Local: Centro Tecnológico Vandeci Rack | BR 364 | KM 333 / Ji-Paraná -RO

Localização espaço IHARA: Stand 07-D Esquina entre as ruas 28 e 22 / Perto do estacionamento 04

 

 

Dentro de um robusto e completo portfólio de soluções para a agricultura, dois grandes lançamentos serão destaques da participação da IHARA na Tecnoshow Comigo 2023 – que acontece de 27 a 31 de março, em Rio Verde (GO).

 

A empresa de pesquisa e desenvolvimento de soluções agrícolas promete mais uma participação marcante no evento, com as tecnologias inovadoras de SUGOY e TERMINUS. Duas inovações que chegam para revolucionar o manejo e solucionar alguns dos principais problemas dos agricultores.

 

Tecnologia inédita no Brasil, SUGOY é um fungicida premium que promete revolucionar o manejo das principais doenças foliares na cultura da soja. Em um único produto, poder sistêmico e de contato avassalador contra ferrugem, mancha-alvo, antracnose e oídio. Além do controle amplo e eficaz, essa solução única traz uma série de outros avanços em praticidade na aplicação, redução de erros no preparo de calda, dentre tantas outras vantagens que resultarão diretamente na produtividade e rentabilidade do cultivo”, destaca o gerente de Marketing Regional da IHARA, Roberto Rodrigues Jr.

 

Ele destaca ainda que SUGOY é a solução tecnológica com mais amplo espectro de alvos registrados para a soja no mercado nacional. “Outro fator muito importante é que ele traz também o protetor em sua formulação, algo que o mercado nunca viu e que contribui ainda mais para o manejo de resistência”, completa.

 

Outro lançamento de destaque que os visitantes da Tecnoshow vão conhecer na IHARA é o TERMINUS, um inseticida de altíssima performance e poder supremo contra percevejos Marrom e Barriga-Verde nas culturas da soja e milho. “O produto traz uma formulação inovadora no mercado brasileiro, que potencializa o controle dos percevejos, resultando em uma maior qualidade de grãos devido ao controle imediato, longo residual e flexibilidade de uso. Outro ponto forte deste lançamento é que ele pode ser utilizado em qualquer momento do ciclo da cultura, eliminando os percevejos logo nas primeiras colonizações e conseguindo, assim, manter a incidência em níveis muito baixos ou mesmo em zero”, explica Rodrigues.

 

TECNOSHOW - IHARA apresenta lançamentos e soluções para alavancar a produtividade nos cultivos

 

IHARA EXPERIENCE

 

Outras novidades também estão sendo preparadas pela empresa para receber o público do evento. Ao entrar no estande IHARA, um castelo Samurai recheado de tecnologia e interatividade, o visitante encontrará um circuito criado especialmente para que tenha a oportunidade de imergir nas novidades e obter mais informações sobre o manejo adequado para todo o ciclo da cultura, principais alvos e os benefícios do portfólio de soluções inovadoras da IHARA. Uma das atrações é o Raio X Interativo, uma tela que corre sobre trilhos, apresentando os estágios fenológicos da soja, principais alvos e tecnologias de manejo oferecidos pela empresa.

 

A próxima etapa do circuito IHARA Experience é a Mesa Interativa, que traz informações sobre os produtos destaques da IHARA, seus diferenciais, benefícios e resultados. Após conhecer mais sobre as soluções, a parada seguinte acontece nos campos demonstrativos, para ver, na prática, os resultados das tecnologias aplicadas ao cultivo. Finalizando o circuito, os visitantes poderão conversar e tirar dúvidas com a equipe de especialistas da empresa no estande.

 

TECNOSHOW - IHARA apresenta lançamentos e soluções para alavancar a produtividade nos cultivos

 

HORA H DA INFORMAÇÃO

 

Conteúdo de qualidade e de credibilidade e muita troca de experiências também terão espaço reservado no estande IHARA na Tecnoshow Comigo. A empresa traz o HORA H DA INFORMAÇÃO, uma programação de painéis, debates e bate-papos com especialistas, produtores e cooperativas, mediado pela renomada jornalista Kellen Severo, sobre diversos temas como cooperativismo e desafios da produtividade. A programação tem início já na segunda-feira (27/3), com um bate-papo com o presidente da Cooperativa Comigo, Antonio Chavaglia, e grandes produtores da região. Confira a programação:

 

TECNOSHOW - IHARA apresenta lançamentos e soluções para alavancar a produtividade nos cultivos

Estreia dia 18 de março, em Sorocaba SP, o teatro Musical “Brasil Raiz – Missão de Filho”. Com toda estrutura montada a céu aberto e totalmente gratuito, o espetáculo leva para cidades do interior a magia dos grandes musicais, proporcionando ao público a experiência e oportunidade de vivenciar um espetáculo que, em geral, se limita às grandes capitais. Este grande sonho se tornou realidade graças ao patrocínio da IHARA, empresa especializada em tecnologia para proteção de cultivos.

 

Tendo como fio condutor clássicos da música caipira e sertaneja, “Brasil Raiz – Missão de Filho”, conta a história de Zeca, que deixa a fazenda onde cresceu, no Rio Grande do Sul, e parte em uma jornada pelo Brasil, a fim de realizar um desejo do pai. Na trajetória, conhece personagens, paisagens e culturas desse Brasil Interior, que fazem da viagem uma fascinante descoberta.

 

Com texto de Claudia Valli, direção de Luiz Antônio Pilar e direção musical de Thiago Gimenes, o espetáculo tem como protagonistas o veterano Cacá Amaral no papel do pai e, como o filho, Guito, um dos grandes destaques da novela Pantanal, no papel de Tibério.

 

“O teatro Musical Brasil Raiz tem um papel importante de tornar acessível a cultura e o entretenimento. Esta iniciativa vem de encontro com a proposta da nossa empresa em apoiar projetos sociais e culturais no intuito de fortalecer o nosso comprometimento com as comunidades onde atuamos, pois acreditamos que a nossa missão vai muito além de levarmos soluções inovadoras para a proteção dos cultivos”, afirma Gabriel Saul, Gerente de Comunicação da IHARA.

 

Depois de Sorocaba/SP, o Musical segue para Piracicaba/SP, Campo Verde/MT, Sinop/MT, Cascavel/PR e Petrolina/PE, confira na agenda abaixo. O “Brasil Raiz – Missão de Filho” é um projeto realizado via Lei de Incentivo à Cultura, com Patrocínio da IHARA, apoio da Prefeitura Municipal de Sorocaba, realização da Marolo Produções, Lapilar, Ministério da Cultura, Governo Federal, União e Reconstrução.

 

Estreia em Sorocaba:

18 de março, 20h

Parque das Águas

Av. Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, S/N

Entrada Gratuita

Intérprete de Libras

 

Agenda do teatro “Musical Brasil Raiz” – demais cidades

 

Musical “Brasil Raiz”, com Guito e Cacá Amaral, estreia em Sorocaba

 

Ficha técnica: 

Texto: Claudia Valli

Elenco: Jackson Antunes, Guito, Lázaro Menezes, Gabriel Vicente, Fernando Rubro, Ana Araújo, Bruna Pazinato e Maria Bia.

Direção: Luiz Antônio Pilar

Direção Musical: Thiago Gimenes

Assistência de direção e preparação vocal: Helga Nemetik

Assistência de direção musical e regência: Thiago Saul

Músicos: André Costa, Pablo Lyon e Giba Rodrigues

Cenografia: Carol Gomes

Coreografia e preparação corporal: Keila Fuke

Assistência de coreografia e preparação corporal: Fábio Lima

Figurino: Cris Rose

Estagiária de figurino: Bruna Bacher Valentini

Fotos e Design: Milton Lima

Produção: Mariana Mariano, Flávia Gomes, Betina Duarte e Luciana Farinacci.

Coordenação geral: Maria Dolores e Felipe Duarte. 

Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do agronegócio