Saiba como aumentar seus ganhos em até 30% na produção de maçã

14/10/2021
Cultura • Maçã

A maçã é uma das frutas mais importantes para a produção hortifrúti brasileira, contribuindo com cerca de R$ 7 bilhões ao ano, com benefícios desde o campo até as vendas nos mercados, produzindo cerca de 1,1 milhão de toneladas da fruta anualmente.

 

A taxa de produtividade da macieira costuma variar muito em função do clima, do sistema de produção e das tecnologias utilizadas. Sendo assim, a poda em macieira tem como objetivo equilibrar a planta quanto ao crescimento vegetativo e reprodutivo, removendo ramos mal posicionados que podem contribuir para os problemas fitossanitários no cultivo, de maneira a ampliar a incidência de luminosidade e proporcionar alta produtividade com frutos de qualidade.

 

Não existe uma receita única para se realizar a poda das macieiras, mas existem orientações que podem auxiliar o produtor neste momento. Com a dificuldade na disponibilidade de mão de obra, otimizar a poda é uma boa recomendação. Nesse sentido, sistemas de condução que exijam menor uso de mão de obra são bem-vindos.

 

Para solucionar essa questão, a utilização de reguladores de crescimento constitui-se como uma alternativa a ser explorada, podendo garantir a produção de maçã em até 30%, melhorando a qualidade das frutas, assim como ajudando no aumento da lucratividade da lavoura.

 

Reguladores de crescimento da macieira: maior equilíbrio da planta

Em uma macieira, há uma busca incessante por um harmonioso equilíbrio da planta, principalmente entre o crescimento vegetativo de folhas/caule e a produção de frutos. Várias podem ser as estratégias para alcançar este equilíbrio, caso da poda, especialmente a de verão, e da inclinação dos ramos laterais.

 

Mesmo apresentando boa eficiência, essas estratégias podem trazer efeitos negativos para o desenvolvimento vegetativo e reprodutivo da macieira. Dessa forma, outras tecnologias vêm sendo desenvolvidas, principalmente aquelas que apresentam efeitos reguladores.

 

Esse tipo de tecnologia tem sido utilizado com sucesso em diversas espécies frutíferas de clima temperado, tendo na macieira uma das plantas com resultados mais significativos, permitindo resultados com ganhos de até 30% na produção.

 

Essas tecnologias são conhecidas como reguladores de crescimento. Eles são compostos que, em pequenas quantidades, são responsáveis por promover, inibir ou modificar os processos fisiológicos na planta. Também são responsáveis por permitir significativo aumento na qualidade e na produção das maçãs, além de poder facilitar a colheita.

 

 Por que utilizar reguladores de crescimento na macieira?

Quando utilizados da forma correta, os reguladores de crescimento permitem a ampliação das áreas de cultivo, a melhoria de qualidade e produtividade. Também permitem modular as épocas de produção e colheita.

 

Especificamente para a macieira há uma grande quantidade de fitorreguladores, que atuam em inúmeros processos fisiológicos na planta.

 

De maneira geral podem ser destacados os benefícios:

  • Redução do crescimento dos brotos;
  • Copas das plantas tratadas são mais compactas com volume reduzido;
  • Plantas mais velhas são contidas em seus espaçamentos, desse modo reduzindo o aglomerado e a sombra;
  • Possibilidade de aumentar o adensamento em plantios novos, formando a arquitetura das plantas;
  • Podas de verão e de dormência são reduzidas significantemente;
  • Economia de horas/homem de trabalho com podas de inverno e verão, refletindo diretamente nos custos com podas, custos de produção;
  • Facilidade na colheita, pois os frutos se encontram mais visíveis, devido a redução do volume de copa;

 

Diante destes benefícios, na macieira o regulador de crescimento tem seu uso recomendado quando a brotação de ramos ultrapassar o desejado para o tipo de maçã e condições gerais do ano de cultivo.

 

Dessa forma, o objetivo do regulador de crescimento é o de bloquear uma ou mais etapas da biossíntese que leva à formação de giberelinas ativas, controlando o crescimento vegetativo e gerando frutos de qualidade superior.

 

Diante disso, é praticamente impossível imaginar boas produtividades da cultura da macieira sem o uso dos reguladores de crescimento, caracterizada como sendo a melhor solução para aumentar a produtividade e a qualidade da fruta.

 

Viviful SC: Regulador de crescimento da macieira com ganhos de até 30%

Como visto, o excessivo crescimento vegetativo da macieira representa um problema, podendo afetar negativamente a frutificação, além de limitar a capacidade de frutos maiores e de maior qualidade.

 

Como solução para este problema o Viviful SC, da IHARA, é uma tecnologia que apresenta excelentes resultados na macieira. Quando utilizado corretamente, Viviful SC é responsável por retardar o crescimento dos ramos, além de aumentar a indução floral, possibilitando melhoria na penetração da luz.

 

Com este regulador de crescimento, a cultura da maçã terá como principais benefícios:

  • Maior equilíbrio entre as partes produtiva e vegetativa;
  • Excelente ganho em produtividade, com ganhos que podem chegar a até 30%;
  • Menores gastos associados à poda, permitindo uma redução de até 80% neste manejo;
  • Aumenta o pegamento e a frutificação, garantindo maior qualidade e vigor das gemas

 

A recomendação de uso do Viviful SC é de duas aplicações. A primeira deve ocorrer com os ramos apresentando de 5 a 10 cm de comprimento e a segunda aplicação deve ser realizada no reinício do crescimento dos ramos, cerca de 20 a 30 dias após a primeira aplicação.

 

Já o intervalo entre as aplicações é variável em função do sistema de produção, que engloba a variedade, clima, região, vigor das plantas, entre outros fatores. Isso exige o acompanhamento das macieiras quanto ao reinício do crescimento dos ramos após a primeira aplicação.

Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do agronegócio